1Thi, 2This, 3This... Uma Thiarlley confusa.

Por favor, se você realmente se importa comigo, leia esse pequeno-grande texto até o final.
Sabe, esses dias eu percebi que eu não sou mais a mesma, e que estou sendo muitas. Sou uma Thiarlley feliz, romântica e brincalhona pra uns, uma Thiarlley sarcástica, anti-romântica e irônica pra outros, uma Thiarlley meiga e fofa pra alguns, uma Thiarlley calada e paciente pra outros, uma Thiarlley que não aguenta mais.
Essa multi-polaridade tá acabando comigo, sério. E pelo menos acho, que isso tudo não é culpa minha. O fato de ter vários amigos de várias personalidades não justifica tal ato, o que justifica sim é o fato de, cada um preferir uma Thiarlley diferente, e pelo amor de Deus, sou só uma. E essas Thiarlley's que cada um quer, não podem ter nenhuma característica da original. Elas não pode gostar de dançar, não podem gostar de escrever/ler romance, não podem surtar com coreanos, não podem nem fazer aeróbica na Educação Física da escola, QUE IDIOTICE É ESSA? Que saco, saiba, que suas piadinhas em relação a tudo que eu gosto, não me ajudam em nada, e não fortalecem aquilo que você gosta. Rir da minha cara pelo simples fato deu que eu tenho medo de filmes de terror não te faz mais corajoso e melhor que eu, acredite.
As vezes, o riso descontrolado e as loucuras que faço, não conseguem esconder a tristeza, raiva e desgosto que estou por dentro. Lembra das vezes em que você estava irritado(a) e que foi super ignorante comigo quando fui falar com você, sem eu ter feito nada? Daí, quando tem aqueles dias em que eu não estou bem, e você vem querendo abraços e sorrisos da minha parte, e então eu pago na mesma moeda. O que foi? Não gostou? Pois é, viu como é ÓTIMO?
Não estou pedindo pra você dar uma de pai/mãe e se preocupe loucamente comigo, mas só pelo simples fato de me dizer "Oi Thi, como você tá? Tudo tá bem, não é?" E essas palavras sendo sinceras, já me fazem feliz.
Olha, esses dias, em meio as coisas completamente comuns, aconteceu algo mais comum ainda: Com essa promoção da vivo ON, eu recebo inúmeros bom dia/boa tarde/boa noite, mas sei que na maioria dos casos, os sms não são SÓ pra mim. Mas um dia, que eu realmente estava muito pra baixo, a Priscila me mandou um "Boa Noite Thi *-*" que me fez sorrir por muito tempo. Qual a coisa anormal daí? Nenhuma, mas o simples boa noite dela, que foi só pra mim, me deixou feliz, e ponto.
Não quero que você vire um seguidor meu, mas me ligue pra falar besteiras, me manda um sms com um "ooi :]" ou simplesmente me abrace. O que estou tentando falar é: EU PRECISO DE VOCÊS. Sei que não sou a melhor pessoa do mundo, mas eu sei que no fundo eu sou importante pra vocês ou não, assim como vocês são pra mim, até porque eu amo vocês.
Claro que eu estou generalizando, até porque, nem todos são assim, principalmente os meus amigos virtuais. A gente briga? Claro que sim, esses dias eu e a Bruna brigamos por um motivo muito idiota, mas depois a gente esqueceu isso. Esses meus amigos virtuais que eu tanto valorizo e que a maioria ignora e tira onda da minha cara por isso, são os que mais se importam, acredite. Um simples " Parabéns @ cuupcaake_ hoje é dia do jornalista!" twittado pela Jéssica Bonow Pelotas - RS ontem, gente eu sorri que nem idiota, porque ela sempre me chama de jornalista, ao contrário de outros que riram da minha cara quando falei o curso que eu queria fazer. Não tem nada melhor do que chegar da aula e ouvir "Thi, chegou carta pra você" e correr pro quarto e vê que a Giovana Watanabe Mogi das Cruzes - SP  me respondeu. Um dia, a gente vai se encontrar, ok gente? Esse dia vai chegar, e logo.
* * *
Depois de tanto desviar do assunto, eu termino aqui. Obrigada por ler isso tudo, significa que realmente você se importa comigo. Só peço que a maioria me deixe ser quem sou mesmo. A Thiarlley idiota, que ri descontroladamente, fã de K-pop, que adora dançar, e tenta ser feliz.

E só mais uma coisa: Um simples sorriso seu, sendo sincero, já muda muita coisa.