Hey, são 23:23 e não há nada de proveitoso nisso!

Cá estou eu com o pescoço extremamente dolorido e vocês não sabem o que a pessoa aqui fez: Simplesmente saí com a galera e dancei flashback na calçada com direito a bater cabelo tudo, ou seja, meu pescoço tá mais zoado que bêbado em fim de festa, pois é.
Mas chega de falar de mim, vamos falar de: Priscila. No último dia 14, completou-se dois anos que essa coisa está no meu pé. Fala sério, eu sou um amor de pessoa por aturar essa criatura mandona, bipolar, maluca por roupas, e surtada. E eu deveria ter feito isso, é claro, no dia 14, maaaaaaaas por circunstâncias maiores - preguiça - isso está sendo feito hoje, então relevem.
Mas ok, vamos falar sério.

Quando usei o versículo 17 de Provérbios 17 no último parágrafo da fic, não foi em vão. Você sabe, e eu tenho certeza de que sabe, o quanto eu considero você. Tanto, que posso te chamar tranquilamente de 'irmã'. Irmã essa que sabe ser tão chata quanto uma irmã de verdade. Mandando, brigando, obrigando a fazer as coisas. Irmã essa que move céu e terra quando sabe que eu preciso de alguma coisa, irmã essa que mataria quantos fosse preciso apenas para me defender. Irmã essa a qual eu tenho orgulho de dizer que é minha. Olha, eu já postei aqui no ano passado, mas não vejo problema em dizer novamente. Eu não esperava que você se tornasse tão especial, entende? É como se eu dependesse total de você, chega a ser engraçado, porque nenhuma fanfic minha é publicada sem que você saiba ou sem que você aprove. Eu sempre, sempre venho te pedir pra me ajudar a me arrumar e só saio de casa quando você aprova. Todas as minhas histórias, sejam elas boas ou não, você sabe. Todos os sentimentos que eu tenho dentro de mim, sejam eles bons ou ruins, você sabe. Percebe a intensidade da coisa? Eu acho que não, porque nem eu mesma posso explicar o quão importante pra mim você é. E mesmo atrasada, eu quero que você saiba que eu espero de verdade que esses dois anos sejam os primeiros de muitos. E eu não só espero, como oro para que o dia que iremos nos conhecer pessolmente chegue logo. Tenho  certeza que você chorará muito mais que eu. Não que eu seja uma pessoa fria, longe disso, mas sim porque você é tão manteiga derretida que é capaz de começar a chorar desde agora. E aliás, eu espero mesmo que esteja chorando porque você sabe que amo fazer você chorar, haha. ♥ Enfim, Priscila Maria, eu te amo. E você sabe muito bem disso. Nunca se esqueça da sua brigadeiro que vive na esquina do fim do mundo. E principalmente, nunca se esqueça que esse cupcake aqui, nunca esquecerá de você. Aqui está nada mais nada mesmo que: o link do seu ~presente~. Eu sei que você já leu, mas quem liga? haha Happy 2nd birthday, my dear. ♥

Nova fanfiction e outras coisitas mais~


Nossa, quanto tempo, não? Pensei eu que já tivesse aparecido por aqui antes, mas veja só... Estive aqui no natal. Que pessoa ingrata me tornei, tsc tsc.
Pois bem, estou aqui as três horas da manhã, e devo dizer que eu deveria estar terminando um trabalho da faculdade, mas veja só onde estou, não se fazem mais alunos aplicados como antigamente... Enfim, chega de tagarelar! Estou aqui para falar sobre a minha mais nova fanfiction. Se bem que, eu já postei aqui no domingo, mas isso não vem ao caso agora.
Devo dizer que foi muito daora escrever essa estória. Minhas outras inúmeras - na verdade seis - fanfics postadas são sobre romance. E bem, depois que voltei a assistir uma das minhas séries preferidas, Cold Case, meu lado apaixonado pela investigação criminal reacendeu. E daí, numa bela sexta-feira sem aulas vagando pela praça de alimentação da faculdade, a ideia me surgiu. Não vamos dizer que ficou a mais surpreendente e magnífica fanfic de investigação, mas devo dizer que me orgulho dela. Joguei-me de cabeça e já dizia amiga Raven, CARAMBA! Não esperava que eu realmente iria conseguir. E o melhor de tudo é que, por mais que tenha sido baseada na série, todos os fatos para a investigação foram criados por mim, e mais uma vez, estou orgulhosa. Por mais que eu tenha roubado a Lily e Scotty para colocar na fic, mas os devidos créditos pelos personagens estão lá, haha. Então, é isso. Espero que vocês gostem dela tanto quanto eu gostei. Sei que tem uns errinhos básicos da vida, e o caso ficou um tanto óbvio, mas nem tudo são flores e ficaremos todos conformados. Ah, eu chorei escrevendo o final, me julguem hardmente. Eu não tenho culpa, foi complicado, e a cena estava bem real na minha cabeça, e além do mais.... Ok, sem spoilers. Parem de tagarelar comigo e vão logo ler a fanfic, certo? E só mais uma coisa: Quem mais além de mim tá shippando ferozmente Lily e Scotty? Gente do céu, uma gracinha eles dois juntos, pena que essa autora maldita não colocou nenhuma cena de amorzinho entre eles, tsc tsc.
Anyway, é isso. Para evitar o trabalho de ter que procurar o link, basta clicar aqui e ler. E logo depois comentar, é claro.    
Agora vou indo. Sabe como é, trabalhos não se fazem sozinhos! 
Kiss kiss and love, babys~ ♥