Poesia de sábado — Compartilhar;

00:47

COMPARTILHAR


Compartilhar é um gesto nobre, é uma atitude de altruísta.
Mas até os egoístas encontram motivos para compartilhar.
Pra algumas pessoas, compartilhar é dividir com alguém algo que poderia ser exclusivamente seu.
Na, zona Rural é comum as famílias compartilharem  um prato especial ou um doce com os vizinhos ou parentes.
Hoje, por meio da internet, todo mundo está compartilhando tudo,  a todo instante, porém vale apena refletir sobre o que estamos compartilhando, está fazendo bel ou mal para as pessoas?
É um prato especial ou uma comida estragada?
Estamos contribuindo para uma Sociedade mais justa, mais amável, mais segura, mais harmoniosa ou estamos transformando-a em um verdadeiro caos?
estamos promovendo a paz ou incitando a guerra?
espalhando tranquilidade ou terror?
O compartilhar é um multiplicador. Com apenas um clique estamos contagiando com o bem ou contaminando com o mal.
Somos influenciáveis, a arte imita a vida e a vida imita a arte, a informação de uma realidade pode causar resistência ou tendência em se querer reproduzir, nesse caso, chegando-se ao ponto de se tornar comum ou banalizá-la, quando se trata do bem, beleza, excelente!
E quando se trata do mal?
Portanto, se no Facebook ou fora dele, antes de CLICAR, ou de TRICOTAR, ver se vale apena CURTIR, pense o que vai COMENTAR e análise se vale apena COMPARTILHAR.



Escrito por: Rogério Santos.
24.10.2015
 __________________________________________________________________________

Rogério Santos, entre 40 e 50 anos, mas num sou velho não, viu?! Representante comercial, radialista, escritor quando dá certo e pai da dona desse blog! Já fui poeta um tempo, mas o tempo agora é outro que me falta. Ah, tempo danado! 

Leia Também:

2 comentários

  1. Fangirlei no texto, pelo simples fato de ser totalmente verdadeiro. E em épocas de tantos discursos e manifestações do facebook muitas vezes vemos comentários que não são "filtrados" antes de se compartilhar, ou noticias falsas sendo passada para frente sem mesmo verificar a procedência. Uma triste realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Priscila! É exatamente isso que vejo hoje nas redes sociais, principalmente no facebook. As pessoas falam o que querem e quando querem, sem se dar conta de que, muitas vezes, ou fazem papel de bobas ou de simplesmente desinformadas.

      Obrigado pelo seu comentário.

      Excluir

ATENÇÃO:

O conteúdo aqui postado é de responsabilidade de seus respectivos autores e fica proibida a reprodução de qualquer publicação sem o consentimento dos mesmos e/ou sem os devidos créditos, sendo considerado PLÁGIO.

ARQUIVO DO BLOG