Poesia de sábado — Quem é o homem?

QUEM É O HOMEM?


Para a escola: um aluno
Para a livraria: um leitor
Para a emissora de rádio: um ouvinte
Para a TV: um telespectador.

Para os patrões: um empregado
Para as empresas: um cliente
Para o Detran: um motorista
Para o médico: um paciente.

Para a polícia: um indivíduo, um elemento
Para o exército: um soldado
Para a guerra: um Civil ou Militar.

Para as instituições: um membro
Para a política: um eleitor
Para a previdência: um contribuinte
Para o país: um cidadão.

Para a justiça: um réu
Para a lei humana: um agressor
Para o júri: culpado ou inocente
Para a lei Divina: um pecador.

Para o IBGE: números
Para testes científicos: cobaia
Para o IML: um corpo
Para a funerária: falecido.

Para o vício: um incapaz
Para alguns: um perdido
Para o mundo: mais um ser
Para o Diabo: um derrotado.

Para Darwin: descendente do macaco
Para o Big Bang: fruto d’uma explosão
Para Deus...
Sua imagem e semelhança
Obra de suas próprias mãos
O filho pródigo...

A coroa da Criação.

  Escrito por: Rogério Santos
                           
 __________________________________________________________________________
Rogério Santos, entre 40 e 50 anos, mas num sou velho não, viu?! Representante comercial, radialista, escritor quando dá certo e pai da dona desse blog! Já fui poeta um tempo, mas o tempo agora é outro que me falta. Ah, tempo danado!
0 comentários
Postar um comentário