Produtos para cabelos cacheados — Finalizadores;

         Muitas meninas me perguntam como eu finalizo o meu cabelo e quais os produtos eu uso ou indicaria para o uso não só após a lavagem, como também no day after, mantendo os cachos definidos por mais dias após a lavagem. Pensando nisso, resolvi fazer esse post com alguns dos produtos que uso ou já usei, na tentativa de ajudar ainda mais pessoas, afinal, quem nunca comprou um produto pra testar e se deu muito mal, né? Pensei também em gravar um vídeo, mas a vida tem sido uma babilônia, então vamos de post sim.


1                                                   1. Creme Multifuncional Multy da salon line
Quanto paguei: Entre R$ 8~10,00 (não lembro exatamente o valor, faz bastante tempo que comprei, mas tenho certeza que não foi mais de quinze reais).
O creme, como o próprio nome já diz, possui cerca de quatro funções. Segundo o rótulo, pode ser usado como pré-shampoo, como condicionador, como finalizador e co-wash (para quem ainda não sabe, é a técnica de lavar o cabelo sem o uso de shampoo, saiba mais aqui). Bom, eu o uso com mais frequência como pré-shampoo e co-wash, mas quebra um galho e tanto como finalizador. É ótimo, inclusive, para viajar, dadas as várias funcionalidades. Já usei, por exemplo, como co-wash e finalizador na mesma lavagem e ficou bastante definido.

2                                                  2. Ativador de cachos nutritivo da salon line
Quanto paguei: R$10,00
Um xodozinho, sério. Já é o segundo frasco que eu uso e ÓTIMO, além de ter um cheiro bem agradável e consistência boa. Uso não só após a lavagem, mas também no day after. A dica é só tomar um pouquinho de cuidado e não colocar demais, senão o cabelo vai acabar ficando pesado e bem oleoso no dia seguinte. Como ele tem essa consistência boa e é bem pastoso, geralmente eu uso no final mesmo da finalização (isso soou bem redundante HAHA), coloco uma quantidade razoável nas mãos e vou amassando o cabelo todo, variando as mechas que amasso. Sempre dá um resultado lindo. (e esse frasco já está acabando :[ )

3                                                   3. Cachos Perfeitos da TRESemmé
Quanto paguei: R$ 13,50
Relativamente novo e eu comprei meio receosa, já que nunca tinha usado. Fui na intenção de comprar o Selagem Capilar crespo original, da mesma marca, porém como não tinha no supermercado, acabei comprando esse e ainda bem que arrependimento não mata! O creme é ótimo deixou os cachos BEM definidos e por muito tempo, como de fato o produto promete. Como eu finalizo o meu cabelo com fitagem, geralmente utilizo esse creme em cada mecha e o anterior, como expliquei, no finalzinho, para amassar. O resultado fica como nessa foto aqui e particularmente eu amei.

4                                                   4. Afro Permanente da Niely
Quanto paguei: R$ 11,50
Apesar de não ser um creme finalizador, é SENSACIONAL. Comprei no bom e velho medo mesmo, pois nunca tinha usado algum produto da Niely. Sendo um umidificador de cachos e o meu cabelo já ser demorado para secar, deixei para usar no day after e cumpriu o que prometeu. Sendo spray, além da facilidade na aplicação, alcança a maior parte dos fios e como o cabelo cacheado tendo a ser ressecado, o uso do spray reativou os cachos após a noite de sono e o melhor: não deixou um aspecto de molhado de molhado.

5                    5. Selagem Capilar: Crespo original da TRESemmé
Quanto paguei: R$ 9,90
Não está na foto, pois não tenho mais o frasco, MAS o produto também é uma coisa de Deus. Usei dois frascos seguidos e, apesar de ter o Cachos Perfeitos da mesma linha ter dado um efeito melhor, o creme realmente cumpre o que promete. Acredito que seja indicado para quem tenha os cachos mais fechados, o meu é entre 2c e 3a, então acredito que possua cachos do tipo 3bc e 4abc o efeito fique melhor.

Não sabe qual o seu tipo de cacho? Veja aqui.

Enfim, é isso, espero que você tenha gostado da indicação e, caso deseje, posso fazer mais posts sobre as linhas de shampoo + condicionador e também das máscaras que uso ou já usei. Fico sempre muito feliz em ajudar e de saber que, cada vez mais, meninas e mulheres estão aderindo ao cabelo natural e se amando do jeito que são.


E, só pra não perder o costume, a demora nas postagens é sempre, única e exclusivamente, culpa da Unit. Eu não tenho nada a ver com isso. 

Poesia de sábado — Lágrimas do coração;


LÁGRIMAS DO CORAÇÃO


Ferido, agonizante, doente, está meu coração.
Sangrando; sangrando muito, nada consegue estancar…
Percorre as veias e viaja por todo o corpo.
Afetando cada membro:
As pernas tremem, falta o apetite, a cabeça dói.
A mente falha; é pane total.
Estou aéreo, sem rumo, sem destino;
Desorientado!
Estou morrendo!
O sangramento atingiu a alma,
Arrancou-me os sorrisos,
Quebrou o tamborim;
Cessou a música; parou a festa...
Mergulhadas no sangramento, pode se ver,
A tristeza de mãos dadas com a angústia,
Convidam a dúvida e o desespero,
E juntos torturam a alma e tentam arrancar-lhe a alegria.
Ferida, sem forças, luta bastante, pode se ver o sangrando...
As gotas, as lágrimas escorrendo pelo corpo, banham a alma.
Isso, provocando-lhe mais sofrimento, ao atingir os ferimentos.
Mas parece que as lágrimas têm um poder curativo, pois em meio a intensa  dor, ressurge, como que das cinzas, a fé e o amor.
Atingidos pelo golpe da decepção, despertam-se e se refazem.
Começa uma verdadeira luta com os  inimigos da alma,
Vai levar um tempo, mas a fé é o amor sempre vencem.
É hora de recomeçar...
Cuidar da alma, restaurar os sentimentos, consertar os instrumentos.
A música volta a tocar, reinicia a festa.
A fé e o amor libertaram a alegria que estava na masmorra,
Trouxeram-a para o salão.
Convidaram a esperança, a certeza e a felicidade.
Após uma reunião com a verdade, orientado pela consciência,
Surgiu o arrependimento, e o perdão, chegou mais tarde.
Juntos, celebraram a cura da alma e festejaram juntos.
A felicidade tentou tirar a alma para uma dança,
mas ela disse que estava muito cedo...

                              Escrito por: Rogério Santos

                                 01.08.2011


____________________________________________________________________________
Rogério Santos, entre 40 e 50 anos, mas num sou velho não, viu?! Representante comercial, radialista, escritor quando dá certo e pai da dona desse blog! Já fui poeta um tempo, mas o tempo agora é outro que me falta. Ah, tempo danado!

Poesia de sábado — Esperando o amanhã;


ESPERANDO O AMANHÃ…


Quantos anos se passaram,
Quantos sonhos se frustaram
Quanto tempo se perdeu.
Quantas lutas não lutadas,
Vitórias não conquistadas.
O forte enfraqueceu...

Quantos passos não dados,
Quantos projetos inacabados;
Quanta estrada a percorrer.
Quantas ideias esquecidas,
Quantas palavras não ditas;
Quanta coisa por fazer…

Quanta paz não sentida,
Quanta vida não vivida;
Na inércia do afã.
Quanta gente pra amar,
E você ainda está….
Esperando o amanhã.

                   Escrito por: Rogério Santos
                       25.07.2000

____________________________________________________________________________
Rogério Santos, entre 40 e 50 anos, mas num sou velho não, viu?! Representante comercial, radialista, escritor quando dá certo e pai da dona desse blog! Já fui poeta um tempo, mas o tempo agora é outro que me falta. Ah, tempo danado!