V Bienal do Livro de Itabaiana ― SE


A gente piscou, o tempo passou e eis que já era tempo de mais uma Bienal do Livro de Itabaiana, aqui em Sergipe, e este ano eu fui não em um, mas em dois dias de evento. A vida deu uma de doida e eu quase não consigo ir, por isso eu acabei não fazendo os marcadores de página aqui do blog como em 2017, mas nada de se lamentar! Essa foi a minha terceira vez no evento que foi lindo! Encontrei pessoas queridas, me diverti horrores e, é claro, comprei livros e coisinhas porque a vida é isso, né? :P


Quem acompanhou os stories lá no instagram do blog já sabe um pouco do que rolou por lá. A Bienal começou na última quarta-feira (11/09) e vai até hoje (15/09), lá no Shopping Peixoto, na cidade de Itabaiana/SE. Este ano, a viagem foi mais tranquila e menos demorada, pois fomos direto de Aracaju, capital aqui do estado. Fui com Felipe, meu namorado; desta vez, papai não pôde ir com a gente (por isso também não teve marcador, ele é o nosso entregador oficial HAHA). Chegamos na quinta-feira (12/09) logo depois do almoço e já estava MUITO CHEIO. Vimos diversas excursões escolares, encontramos até o Colégio Estadual João César, da minha cidade Tobias Barreto.

Eu ADOREI essa foto, é isto. 

Como sempre, vimos MUITOS COSPLAYS! E cada um mais lindo que o outro. Lá no Instagram postei a Mulher Gavião, Bela de A Bela e a Fera, Ariel de A Pequena Sereia, Rainha de Copas e Chapeleiro Maluco de Alice no País das Maravilhas, mas isso não chega a ser metade do que vimos lá. E o legal é que tinham muitos cosplays de filmes de terror, como Jason de Sexta-feira 13, Espantalho, um dos vilões do Batman, Pennywise de IT! A coisa, entre outros; volta e meia a gente via algumas crianças admiradas com as fantasias, mas mortas de medo de chegar perto. HAHA Alguns deles foram obras do maquiador artísticos Denis Silva (@denissilvafx no instagram) que também estava na Bienal fazendo pinturas ao vivo. Dá uma olhada no trabalho dele lá no instagram e no YouTube, o cara é FERA.


A maquiagem dos dois é obra de Denis Silva

Para a minha surpresa, no Espaço Geek haviam itens de K-pop para vender! Eu e meus nove anos de k-popeira ficamos como? DAQUELE JEITO! HAHA Uma das lojas que vi por lá foi a Geek Space, com materiais incríveis! Eu quase morri quando vi uma camisa do twice e Felipe é testemunha do quando eu morri por ela, mas não foi dessa vez (poxa, bolso :[) Quem quiser ver um pouco do trabalho deles é só seguir no instagram: @geekspacce, eles trabalham com envio para todo o Brasil e, para quem mora em Aracaju, dá pra negociar a entrega sem pagar o frete. :)


Além de itens como canecas, chaveiros e bottons de bandas, séries e filmes, o espaço possuía uma grande TV com jogos como Just Dance e vários stands com vendas de HQs. Obviamente, a marvete que há em mim ficou doida e comprei dois exemplares: “Marvel Action” edição 6, com Pantera Negra, Justiceiro vs Mercenário e Demolidor; e “Marvel Millennium: Homem Aranha; A origem do Pantera Negra”, edição 96. Comprei com Márcio Ferreira, um cara super gente fina e com um conhecimento incrível de histórias em quadrinhos. Quem quiser acompanhar um pouco do trabalho dele, só conferir no instagram: @marcioferreira.psi, o Márcio postou várias fotos com os cosplays durante o evento. :)


Como no ano passado, a Praça de Escritores contou com diversos lançamentos regionais, tendo a presença de escritores sergipanos, baianos e de estados vizinhos. A autora Flávia Cunha, por exemplo, estava lá expondo suas principais obras. A infographics, editora que publica a Antologia Canideense que eu participei 2017 também estava por lá, assim como instituições de ensino e órgãos públicos. Como no edição anterior, a única loja com livros não-locais pela praça era o Shopping do Estudante com sua promoção maravilhosa de livros a R$ 10 e, como em 2017 também, comprei mais três livros: “Agora eu era” crônicas por Cláudia Laitano, “A Décima Terceira História” de Diane Setterfield, publicados pela editora Record e “Feito bala perdida e outros poemas” de Ricardo Azevedo, publicado pela Editora Ática.


Por estarmos distantes geograficamente de grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro e esses estados acabam sendo os principais polos de editoras e lojas literárias, a Bienal do Livro de Itabaiana acaba sendo um evento muito mais cultural do que literário. É claro que isso não é um problema, muito pelo contrário! O que mais acho incrível é que a Bienal do Livro em Itabaiana é evento para todas as idades, com diversos tipos de programação para todos os gostos, todavia, para quem vai desejoso de voltar para casa com os principais lançamentos gerais do mundo literário, pode acabar se frustrando. Mas o evento tem crescido e MUITO nos últimos anos; fui a primeira vez em 2015, na terceira edição, e de longe notamos o quanto tem crescido e esperamos que continue assim. Quem sabe, em 2021, a gente já não tem editoras como Arqueiro e Companhia das Letras por aqui, hein? :)

E falando sobre evento para todas as idades, a famosa exposição de carros estava mais linda do que nunca! Felipe quase morre do coração com os carros expostos, cada um mais lindo que o outro, principalmente os fuscas. NÃO TENHO CONDIÇÃO para fuscas vermelhos brilhantes, gente, é sério!



O evento foi lindo demais! 2019 tem sido um ano difícil, principalmente nos últimos meses e os dois dias de bienal serviram para recarregar as energias e relembrar o quanto a literatura foi, é e sempre será importante na minha vida. Um evento grande como esse, aqui no nosso estado tão pequenininho e muitas vezes subestimado, me mostra o quanto a gente só tem a ganhar quando acredita nos nossos sonhos. Não vai demorar (amém?? Amém!!) para que, numa próxima Bienal futura, este blog traga tudo sobre o lançamento de um dos meus livros! :)  

Hoje é o último dia da Bienal que está acontecendo no Shopping Peixoto, Av. José Amancio Bispo, 5419, Itabaiana - Sergipe. Se ainda não foi, dá uma passadinha por lá que tem muita coisa interessante para ser conferida! E quem quiser ver ou rever o que a gente postou lá no stories do instagram, é só clicar no destaque "V Bienal", tem coisa bem legal por lá. 

E aí, gostou do post? Esteve lá na Bienal? Conta aí.

Você também pode gostar:

2 comentários

  1. Muito bom! Em 2021 estarei na Bienal e pedindo autógrafo do seu livro. Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é maravilhoso e sua amizade é importante DEMAIS! Muito obrigada pelo apoio, Lucas, com fé darei esse autógrafo aos prantos. HAHA <3

      Excluir