Resenha #54 — 'O Colonizador'; G. G. Diniz

Mais um livro de ficção científica de autoria brasileira por aqui, coisas que só a Plutão Livros pode nos proporcionar! "O Colonizador", de G. G. Diniz, parte da coleção ZigueZague, é um daqueles livros para ler inteiro de uma vez só. Vamos de resenha?

Título: O Colonizador 
Autora: G. G. Diniz
Páginas: 81 páginas
Editora: Plutão Livros
Sinopse: Entre as condições precárias do laboratório novo e os avanços indesejados do supervisor responsável, Jandira está em apuros. Cada dia de trabalho parece trazer um pesadelo cada vez mais terrível, e o tempo de espera até o fim do projeto parece mais e mais longo — mas o que são dois meses para quem já aguentou quatro? Neste novo suspense, G. G. Diniz mostra que muitas vezes é difícil levar um dia de cada vez, principalmente depois que a incompetência do dr. Costa o leva a cometer um erro que pode muito bem ser fatal. A coleção ZIGUEZAGUE atravessa o tempo celebrando e resgatando a produção nacional de ficção científica, reunindo obras das três ondas da nossa literatura.

🌎 Dias piores virão

Ambientado em um laboratório precário de uma base distante da terra, acompanhamos a pesquisadora Jandira que precisa lidar com um supervisor invasivo que passa muito tempo importunando-a do que, de fato, trabalhando. Além de ter que suportá-lo, aguentar as saudades de casa e contar os dias para o fim do projeto, Jandira precisa trabalhar o dobro para suprir a incompetência de seu supervisor que, em um descuido característico dele, comete o pior dos erros dentro de um laboratório e que pode, não só ser fatal, como também colocar em perigo a vida de todos na base. 


A escritora é ótima! Confesso que achei o início um pouco arrastado, demorando um pouco para a história me prender, mas quando peguei o ritmo, devorei o livro. Gostei da abordagem, da veracidade e da conexão dos acontecimentos, é perceptível que a autora se dedicou muito a pesquisa para passar credibilidade, principalmente nos conhecimentos mais específicos. 

Eu confesso que tinha (e ainda tenho, acho hehehe) certa resistência ao gênero, justamente por acreditar que carrega termos difíceis e enredos difíceis de entender. Mesmo consumindo alguns conteúdos do gênero na TV e no Cinema, na literatura eu acreditava que não iriam me agradar. Assim, de novo, a Plutão me ensina que estava errada. O tapa na cara veio como? 


Mais uma vez a Plutão traz ficção científica brasileira de qualidade neste livro que é curto de tamanho, mas enorme em história e conteúdo. Estou sendo surpreendida a cada nova leitura de ficção científica e tendo a certeza de que, nós brasileiros, escrevemos bem tudo aquilo que nos propusemos a fazer.

PLUTÃO LIVROS



Na ativa desde junho de 2018, a Plutão é uma editora brasileira de ficção científica que busca fazer barulho e diferença no mercado digital do gênero. Suas publicações são histórias clássicas e contemporâneas com foco especial na qualidade e na diversidade.

Conheça: site  instagram  twitter  facebook • livros na amazon

 
O que achou do livro? Já leu? 
Conta pra mim!

2 Comentários

  1. Respostas
    1. Gosto assim, viu, se interessando por leitura, ainda mais ficção científica brasileira hehe :P

      Excluir