Natal com os 'Barbosa' ♥

Olha só, eu de novo! E dois dias seguidos, acho que é o fim do mundo. Jesus já está a caminho! Anyway, vim abrir um pequeno espaço e falar da minha vida pessoal com mais detalhes, sendo mais específica, a noite de ontem. Foi a primeira vez que passei o natal longe da família da minha mãe e foi bem estranho pra mim de início, confesso. Eu estava me sentindo meio deslocada já que a única pessoa 'do meu sangue' que estava lá além de mim era o meu pai. Nós passamos na casa do grande amigo da família, Jorge Barbosa, pai da Lari, moça que eu moro por conta da faculdade (acho que todo mundo já sabe de toda essa ladainha de faculdade longe de casa, etc). Mas esse deslocamento foi por pouco tempo, logo eu me encontrava aos papos com a maioria das pessoas e meu pai estava por ali, conversando com os mais velhos.


O amigo secreto! Uma das razões para que estivesse me sentindo desconfortável era o fato de mal conhecer ninguém, exceto Lari e as crianças (Vejam a minha cara de tia que adorável ♥), mas todos me recebem muito bem desde o dia catorze de setembro, que foi quando eu me mudei pra casa da Lari. Dona Talita Kizzy foi quem tirou o meu nome e estava toda receosa porque o meu presente não havia chegado a tempo dos correios. Com direito a discurso, ainda recebi um "A pessoa é tão especial que o presente veio de longe", descobri através dos meus informantes (Tiago, esposo dela e ótima fonte) que o objeto em questão é nada mais, nada menos que: Alice no país das Maravilhas, de Lewis Carroll. o que eu tenho a dizer? QUE ESPERO TODO O TEMPO DO MUNDO POR ESSE LIVRO LINDO, GENTE DO CÉU. Sério. Vocês não sabem o quanto eu fiquei feliz por saber que ela se esforçou pra comprar o livro que eu tinha comentado em um almoço aí com todo mundo junto. E o tempo que ele não chega eu vou lendo a menina que roubava livros. ♥ E minha amiga secreta foi nossa querida Letícia, filha da Talita! Coisa linda, adoro essa menina, gente. Sério. Com a metade da minha idade, tem o dobro de coragem que eu, vê se pode! Toda desinibida, me conquistou desde o dia que foi me dar sobremesa. "Ei, moça! Toma, ó. Sorvete! Mas sai desse computador, ô! Venha conversar!" hahaha Adorei mesmo ter tirado ela e fiquei triste por não conseguir comprar o dvd de chiquititas que ela tanto queria. E AH, aconteceu algo muito engraçado: O papai e o Jorge se tiraram e, o melhor, ficaram por último! A Lari havia começado e quando a Débora (mãe dela) disse que havia tirado o nome dela, todo mundo ficou com uma grande interrogação na testa e os dois se olharam e riram. "Os baianos pretos se tiraram" foram as palavras de Lirian e é a mais pura verdade. O fato de terem sido os últimos foi ótimo porque a euforia ofuscou o discurso que meu pai faria e que, provavelmente, seria muito longo. Apenas digo: Obrigada, destino.

Presentes, presentes, presentes! ♥ Eloanne e sua querida mãe Eloísa se esforçaram ao máximo pra terminarem de fazer (SIM, FAZER) o lindo do Sr. Cup a tempo para que eu pudesse viajar! Cara... obrigada, sério! Eu adorei e desculpa se não me expressei como deveria, eu estava doente e raciocinando menos que o normal, sabe como é. Jorge fez aquele discurso sobre a minha pessoa passar o dia no notebook e/ou no celular e me deu um livro de bolso do Max Lucado, o qual eu simplesmente adorei! "Vamos ver se agora você sai desse computador" foram suas palavras. Mas que coisa! Não tenho culpa se eu sou uma blogueira, né gente? (cof cof posta duas vezes na semana cof cof) e Talita me deu uma caixa de bombons como prêmio de consolação pela falta do livro e cara, que linda! Não vou dizer que não precisava porque faz tempo que eu não compro bombons e veio em boa hora. Mas digo que foi lindo da parte dela se preocupar com isso e quero dizer de novo TENHO UMA EDIÇÃO ALICE A CAMINHO! Cara, até deu vontade de chorar agora, porque olha... Enfim, né!

Pois bem, esse foi meu natal! No final de tudo, Letícia, Joyce e eu dançamos 'Just Dance 4' e, para a surpresa de ninguém, eu perdi! Teve uma hora que eu até desisti da vida e larguei o jogo no meio porque estava fazendo vergonha a Lelê com o dobro de pontuação. Como diria o Tiago "Carla, como dançarina você é uma ótima jornalista" e eu concordo com ele, sério. Ao que parece tem alguns vídeos das humilhações de ontem, mas manteremos estes longe das redes sociais por motivos óbvios. Teve aquela preocupação básica com o Gustavo que ficou doente na segunda e ontem deu uma piorada considerável, precisando ir pro hospital logo depois da ceia e só ser liberado hoje pela manhã, mas hoje já está tudo bem, correndo e vendo power rangers no computador como é o seu normal! ♥ Agora eu estou em casa (qual delas?) morrendo de calor e me preparando para sair de última hora com as amigas que me ligaram AGORA! Devo matar agora ou depois? Pois é. 
Ah, e a TARDIS! Como eu pude me esquecer dela?
Pois bem, dia 19/12 foi aniversário da digníssima Eloanne (por mais que eu sempre ache que é dia 23, não sei porquê) e eu tinha planejado algo muito mais legal pra dar de presente, só que tive um pequeno probleminha que aTalita também teve: Correios. Se eu comprasse o que eu queria, com os feriados e tudo mais, só chegaria no meio de janeiro e desisti. A querida soltou um "cara, vi umas canecas tão legais" e PÁ, fui no titio google, arrumei uma fanart super cool do Doctor Who e uma TARDIS foi feita. Milena e eu tomamos uma chuvarada pra buscar essa caneca a qual me presentou com uma mini gripe que se esvaiu na terça de manhã, graças ao nosso bom Jesus. Ficou um amor, né? Ai, eu achei. ♥ E ainda tivemos o nosso Mike Wasowski como brinde na foto, ó só.

 Acho que já falei demais, né? Sim, falei.
Domingo (ou antes? Não sei) eu estou de volta com capítulo IV de First Love.
See ya~
0 comentários
Postar um comentário