Resenha #32 — 'Vamos pensar um pouco?'; Mario Sergio Cortella e Mauricio de Sousa

Depois de passar um tempinho sem posts novos (sorry, guys :|) o blog volta a ativa e já começamos com uma resenha literária bem deliciosa. O gênero e o autor não são muito comuns por aqui, mas adianto que o livro é curto, de leitura leve e incrível. Estamos falando de Mario Sergio Cortella e seus pensamentos e reflexões tão incríveis. E, quando o livro mistura as palavras tão tocantes do autor com ilustrações da Turma da Mônica, meu coração quase explode de tanto amor.
vamos pensar um pouco mario sergio cortella e mauricio de sousa
Título: Vamos pensar um pouco? 
Autor: Mario Sergio Cortella 
Ilustrações: Mauricio de Sousa 
Páginas: 78 páginas
Editora: Cortez Editora & Mauricio de Sousa Editora
Sinopse: Vamos pensar um pouco? Dá pra notar que esse é um convite muito diferente de Vamos pensar pouco? Esse um faz toda a diferença! Na vida, cada um faz toda a diferença, mas não basta ser apenas um; pensamos melhor quando pensamos em turma e, melhor ainda, acompanhados da Turma da Mônica, que nos anima a pensarmos mais, com persistência e alegria, com generosidade e liberdade, com inventividade e criatividade. Esse é o principalmente motivo que juntou o desenhista (como o nosso genial Mauricio gosta de ser chamado), pai da turma, e um filósofo (como às vezes me chamam), fã da turma, fazendo com que a arte da ilustração e a arte da filosofia se encontrem para dialogar com quem acolhe o nosso convite. (Mario Sergio Cortella) 

Vamos começar que: A ILUSTRAÇÃO DO CORTELLA FICOU MARAVILHOSA! Dá vontade de dar um abraço bem apertado e chamar de tio. :P Mas falando sério, eu gosto muito das reflexões do Mario Sergio Cortella desde que vídeos de entrevistas e palestras dele começaram a viralizar nas redes sociais. Em contrapartida, não tinha tido a chance de ler algum dos livros dele; mas a minha nova coordenadora (oi, Natalia) fãzíssima do Cortella com sua vasta coleção de livros do filósofo acabou me patrocinando essa leitura (e as próximas, né, amiga?).



Os textos são curtos e, como já mencionei, a leitura é leve e rápida. São 35 crônicas curtas sobre os mais variados assuntos, seja educação, perspectiva, amizade, cautela, valores, estratégias…. enfim. Um dos que eu mais gostei, tanto do texto, quanto da ilustração, foi a crônica “Perspectiva de tempo”, que fala sobre questões ligadas a vivência e o quanto a nossa perspectiva muda com o passar dos anos. E a ilustração, é claro, é maravilhosa porque a turma da Tina é, sem dúvidas, uma das melhores das personagens “secundárias”. 


“A vida tem um encurtamento de percepção: quanto mais idade se tem, maior a sensação de que o tempo passa com mais velocidade; a causa principal (sem ser a única) é que aumenta muito o número das situações que vivenciamos, das obrigações e ocupações, fazendo com que nos sobre menos tempo liberado e comprimindo nossa sensação de duração”.


Uma das coisas mais legais acerca desse livro é que tudo pode ser lido por qualquer idade, sem que fique algo muito infantil para os adultos ou muito adulto para as crianças. A linguagem é clara, leve e acessível.  Vamos pensar um pouco? é um livro necessário para qualquer idade, afinal, nunca é cedo ou tarde demais para refletir e compreender melhor a vida em sociedade, com respeito mútuo e fazendo a diferença. 

Já leu? Tem vontade de ler? Conta aí o que achou. :)

Você também pode gostar:

0 comentários