CRÔNICA | Que 2019 foi esse?


2019 foi um ano tão difícil que até escrever essa crônica foi um processo doloroso. Relutei muito, relembrar certas coisas era, simplesmente, angustiante. Mas aqui estamos nós.
O começo foi incrível! Ah, o começo! Tantas promessas, planos, sorrisos acolhedores e expectativas. Viagens, novos planos, organização financeira, as coisas dariam certo, iria rever pessoas que há muito não via pessoalmente, realizaria um sonho. E assim se seguiu pelos primeiros meses, mesmo que, lá no fundo, eu acreditasse que algo estava errado.

Parecia bom demais para ser verdade.
E não só parecia, como era.

E então tudo desmoronou, em sequência e, como um efeito dominó, parecia devidamente planejado, numa espécie de alerta universal de que a vida estava longe de seguir conforme os meus planos.

Seguia, porém, de acordo com os planos dos outros.

Sonhos tiveram que esperar, a organização financeira virou uma bagunça, confianças foram quebradas da pior maneira possível: mostrando o quão descartável se era, naquele amontoado de arrogância e jogo de poder.

Não posso negar, no entanto, que aprendi.

Aprendi, dolorosamente, que ceder o tempo todo vai, aos poucos, privar você de quem realmente é. E reverter esse processo pode lhes custar pessoas, considerações e opiniões. Mas, no final, o que importa é o que você pensa de si.

Aprendi a confiar em mim e naquilo que sou. Muitos vão dizer que não se é boa o bastante, muitos vão questionar as suas escolhas, muitos vão bater no peito e dizer que sabem muito mais sobre você do que você mesma.

Mas, no final, só você sabe sobre tudo isso acerca de si. Só você pode afirmar ou negar coisas, só você sabe.

Aprendi, ou melhor, reforcei o olhar para o que realmente importava na minha vida. Às vezes, o apoio dos nossos ou o reconhecimento por aquilo que fazemos é crucial para seguirmos em frente. Não deve ser. Faça por você e para você. Faça para orgulhar a única pessoa que importa: aquela que os olhos brilham ao encarar o espelho.

Aprendi a soltar a mão quando for necessário. Não faça dos problemas dos outros os seus problemas, você já os têm de sobra! Ajude, socorra, apoie o quanto for possível. Não os absorva, porém.
Não se sobrecarregue.

Aprendi a perdoar. Pessoa vem e vão, porém, o mais importante, pessoas evoluem. Eu evoluí, também. Não soa justo dar aos outros a chance de serem diferentes quando eu também tive a chance de o ser? E, por mais clichê que possa parecer, o perdão pode ser mais libertador para quem o dá.

E, por fim, aprendi que eles estavam, de fato, errados. Podem encher o peito e dizer que você não importa, expor o quão inútil a sua presença se faz, descartar você sem mais nem menos.

Você disse que os seguraria se eles caíssem e, se os outros rissem, poderiam se f*der. Você os tirou dos joelhos e os colocou de pé para, no final, tirassem proveito de você.
Pensaram que poderiam viver sem você.
Coitados, você os colocou ali.
E, hoje, perguntam-se a razão de tudo dar errado.

Ah, e a viagem aconteceu! E como aconteceu! Serviu para lembrar quem eu era, para que vim e para onde quero ir. Revi pessoas, relembrei lugares, conheci outros. Reconfortei-me no abraço e no sorriso de pessoas amadas, chorei ao ter que deixá-las tão cedo. Tive novas experiências, atestei que era não só adulta, como responsável. Madura.

Compreendi que nenhuma amarra disfarçada de cuidado e proteção me eram suficientes.

2020 é um ano par. E, por mais supersticiosa que eu não seja, anos pares costumam ser tranquilos.

Venha, nova década, com um pouco mais de suavidade e promessas verdadeiras, dessa vez.

Você também pode gostar:

20 comentários

  1. Parece que o ano não foi fácil pra ninguém, mesmo, mas o tempo é a escrita curam, dizem. Ano que vem vai ser melhor! E todo amadurecimento é bem vindo, mesmo que as vezes venha de forma forçada. Parabéns pelo texto, como sempre você é assertiva no que diz e me tocou demais com essa crônica. Enfim, década nova, ano par, ano de números iguais. Tem tudo pra dar certo hahahaha feliz 2020, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga! Bom demais ver você por aqui de novo! <3 Obrigada pelo comentário e pelo apoio de sempre, independente do que eu faça, você está sempre aqui comigo (há quase 9 anos, hein?). 2020 tem tudo pra dar certo, mesmo não tendo tido um bom começo, mas a esperança não é a última que morre? HAHA beijos!

      Excluir
  2. Oi, Thiarlley! Sei que estive totalmente ausente aqui no blog este ano, que deixei muitos e muitos posts passarem, mas não podia deixar de ler pelo menos a crônica de final de ano, ne? Eu não sei direito o que aconteceu na sua vida neste ano. Nós meio que perdemos o contato, exceto por um tweet aqui, outro ali, um pequeno comentário no Instagram ou uma reação a Stories... E eu senti muito a sua falta, viu? Tenho saudades das nossas conversas quilométricas no Whats (acho que a bola está com você, ou está comigo?), das longas chamadas no Skype, de tudo! Mas não foi necessariamente culpa nossa. Acho que nós duas estivemos muito mais ocupadas neste ano do que imaginaríamos. Espero que possamos retomar essas coisas em 2020! Mas voltando ao assunto... Eu não sei direito o que aconteceu na sua vida em 2019, mas pelo pouco que consegui acompanhar pelas redes sociais, vi que não foi fácil. Percebi que foi um ano cheio de muita mágoa, decepção, frustração e raiva. E essa crônica só comprovou isso. Eu não sei o que causou tudo isso e talvez até eu mesma possa ter alguma culpa, vai saber? Mas só posso desejar que em meio a esse turbilhão de negatividade, você consiga de alguma forma olhar para trás e resgatar o que houve de bom. Por esse texto, acho que você já está fazendo isso, ne? Às vezes, na maioria das vezes, aliás, é tudo o que a gente pode fazer. É como eu sempre falo pras minhas amigas: "identificar, em meio ao inferno, aquilo que NÃO é inferno" - e se apegar a isso. Desejo também que 2020 seja um ano muito melhor, para todos nós. Os últimos dias do ano e os primeiros dias do ano seguinte são a minha época preferida! Eu gosto muito da sensação de esperança, da energia de renovação, do sentimento de possibilidade. Então, o que eu te desejo é que você pegue tudo isso e use esse momento para começar a construir o ano (e a vida) que você sonhou!
    E saiba que mesmo morando longe, eu estou aqui, viu? Sei que eu posso ser uma amiga meio "ausente" às vezes, mas sempre que precisar, é só me mandar uma msg de socorro, que eu venho correndo! Você é uma pessoa muito especial para mim e eu quero continuar fazendo parte da sua vida, não só em 2020, mas para o resto das nossas vidas. Feliz Ano Novo! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o comentário não for um livro, não é você HAHAHA mas sim, perdemos um pouco do contato esse ano, quem sabe a gente não arruma tempo para voltar agora em 2020? A vida e sua correria acaba sendo um grande problema na maioria dos casos, e sei que foi corrido para você, assim como foi pra mim. Que 2020 seja mais tranquilo nesse aspecto (e em todos os outros HAHAHA) Feliz Ano Novo! :)

      Excluir
  3. 2019 pra mim foi muito difícil, aconteceram coisas que não imaginava, mais sempre em nossa vida sempre vai ter momentos difíceis, mais apesar de momentos ruins sempre aprendemos, desejo que 2020 seja um ano bom pra você, Feliz Ano Novo bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 2019 também foi um ano muito difícil por aqui, Lucimar! O ideal é sempre a gente tentar retirar algo de bom das coisas, principalmente para não surtar HAHA Feliz 2020! :)

      Excluir
  4. Mlr, cê escreve mto bem! Esse ano foi super conturbado pra todos, fico impressionada com isso, sabe? Sua crônica podia ser minha, mas minha viagem foi o mestrado concluído!

    Que ano que vem seja calmo, tranquilo e um sucesso! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Camille! Seu elogio fez meu dia! :) Mas sim, vi uma vez alguém falar "a bruxa não está solta esse ano, 2019 é a própria bruxa" e achei real demais. Fico feliz pelo mestrado concluído e desejo sucesso!

      Excluir
  5. foi mesmo um ano dificil para a maioria de nós, mas que tbm trouxe mt aprendizado, que 2020 seja ainda melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Lívia! Que 2020 seja um ano melhor para todas nós. :)

      Excluir
  6. Oi linda, Estou parando para comentar o seguinte. TENHO A MESMA IMPRESSÃO DOS ANOS PARES.
    Comentei com minha mãe esses dias que 2019 para mim foi um ano bom, o que me surpreende porque ele é impar. Passei por um apagão durante 3 anos. E em 2019 finalmente começei a ver uma luz, e terminei o ano em pleno Sol. Deve estar pensando: - Porque uma desconhecida vem no meu blog e fala essas coisas?!. Me identifiquei bastante com sua postagem. E algo que falou simplismente foi algo que marcou muito:"- Ceder o tempo todo, vai te privar de quem realmente é". Isso é tão verdade, e a sua Id um dia cobra, e essa libertação é dolorosa. Mas é uma grande professora
    Feliz 2020

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FINALMENTE alguém que concorda comigo sobre os anos pares! HAHAHA
      Fico feliz por você, Janaína, que 2019 tenha sido uma luz depois de tanta escuridão. Que 2020 possamos pensar em nós mesmas, sem o peso de sermos egoístas. Sempre seremos nós por nós mesmas. Feliz 2020!

      Excluir
  7. Uau!!!! Reli seu texto algumas vezes. Como é importante fazer essa retrospectiva, ver que evoluímos e não precisamos pegar os problemas dos outros, temos os nossos e é importante saber até onde você consegue ajudar sem se afundar também. è importante impor alguns limites e mais importante ainda e saber que a cada passo que damos por mais doloroso que seja evoluímos. esse ano foi muito complicado pra mim em matéria de saúde mas, está tudo em e o importante é não desistir.
    Amei demais sua reflexão!!!!
    Beijocas.

    www.parafraseandocomvanessa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da crônica, Vanessa! A ideia é justamente fazer do desabafo uma reflexão, para que a gente possa sempre rever onde erramos e, até mesmo, onde erraram conosco. Que 2020 seja tranquilo!

      Excluir
  8. 2019 foi um ano complicado na política. Na minha vida pessoal deu tudo certo, graças a Deus. Que 2020 venha com tudo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que 2019 foi um ano bom para você, Caroline, que 2020 continue sendo! beijos

      Excluir
  9. A verdade é que 2019 não foi um ano fácil. Ele meio que trouxe uma espécie de cair das máscaras, fazendo a gente vivenciar experiências difíceis de encontro com a verdade (nossa e alheia). Me identifiquei muito com o teu texto e, se posso dizer, o bom é que apesar de todas as dificuldades fica o aprendizado. É neste que devemos ficar!
    Te desejo um 2020 abençoado e cheio de luz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM! Isso das máscaras foi real DEMAIS pra mim, nossa, acho que isso é o pior, né? Quando nos deparamos com pessoas que, por muito tempo, foram totalmente o contrário. Que 2020 seja luz e, principalmente, tranquilo para nós. :)

      Excluir